• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

NÃO É PANDEMIA. É PRAGA!

Para começar, quero deixar claro que não pretendo trazer pra cá a tristeza da convivência com essa quantidade de mortes diárias (de amigos e parentes, inclusive) tão significativa. Já basta alguns meios de comunicação buscando audiência plagiando Odorico Paraguaçu” (lembram?), e ansiando pela contagem de cadáveres em seus noticiários.

 

Estou aqui apenas para dividir com vocês a tristeza que é ficar sem assistir o nosso Flamengo e tentando trazer um pouco de descontração para o ambiente extremamente pesado que tem nos cercado.

Agradeço a compreensão.

---------------------------------------------------------------------------

Ao longo da minha vida (e olha que já sou do Grupo de Risco), a ÚNICA pesquisa que fiz, e o “SIM” alcançou 100% dos pesquisados, foi:
VOCÊ ACREDITA EM OLHO GRANDE?

Amigos, podem perguntar pra Esquimó, Monge Tibetano, Aborígene, ET e o cacete. Duvido que achem uma exceção. E, se 100% acredita, então, existe.

Não só existe como fomos AS MAIORES VÍTIMAS esportivas dele no Planeta. NINGUÉM era TÃO favorito para ganhar a porra toda que iria começar, como nós. A dúvida se resumia a saber quantos Pontos faríamos nos Corridos e os adversários que enfrentaríamos em finais Mata-Mata.

Só que aí ...

Como já diziam os parachoques dos primeiros caminhões fabricados, “A INVEJA É UMA MERDA” e gera fluidos negativos.

Por definição, invejoso (irmão gêmeo do Olho Gordo) sente extremo pesar pelo bem-estar e prosperidade de quem está à sua volta, e por isso deseja o infortúnio daquele que desperta sua inveja.

Segundo a Psicologia: “A Inveja é um sentimento controverso, pois indica algo positivo que desperta algo negativo”. Onde fica claro que o “Positivo” somos nós e o “Negativo” são TODOS os outros 160 milhões do país rogando PRAGA na gente.

Não sei quando isso vai acabar, mas tenho certeza que vai demorar. Demorar MUITO! Não acredito em Maraca LOTADAÇO novamente, até que a população esteja totalmente vacinada, e isso, muito possivelmente, não acontecerá antes de UM ANO E MEIO.

Sem vacina, não há a menor possibilidade de vermos a Nação nos empurrando para vitórias e dando o MAIOR espetáculo do país neste século (isso dito por um palmeirense – PVC). Dá pra imaginar O TAMANHO dessa ABSTINÊNCIA?

Pra mim, isso é como se tirassem o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar da vista das minhas janelas ou como se me proibissem de ouvir Beatles. Maraca vazio, quando se refere a jogos do Flamengo, fica parecendo ensaio, treino, punição.

De quem Gabigol vai pegar os cartazes, quando botar suas bolas pra dentro?
PIOR, com a ausência da Nação, segundo aquela máxima que afirma jogarmos com 12, seremos obrigados a jogar com 11, igual aos demais.


Sendo assim, vamos precisar descobrir outra maneira de deixar nossos jogadores sabendo O QUANTO estamos torcendo por eles aqui do lado de fora. Afinal, passamos SEIS longos anos ansiando por momentos que só chegaram ano passado e não serão apenas seis meses de conquistas que vai nos saciar.

Realmente o Flamengo parou de ganhar, mas só parou de ganhar porque parou de competir e esses Praguentos SABEM disso. Quando o futebol daqui voltar, mesmo sem A MASSA para nos apoiar, lá estarão o Gabriel, o Bruno, o Gerson, o Jorge (aqueles mesmos que a mídia insistia em dizer que não continuariam) e TODOS os outros que costumam provocar pesadelos nos nossos adversários.

Portanto, podem continuar com suas pragas e torcendo contra. Tá dando sorte! Ultimamente, o que não falta são momentos para recordarmos. Essa parada, embora indesejada, claro, nos permite ostentar por mais tempo o orgulho de sermos os ATUAIS Campeões Carioca, Brasileiro e Sulamericano.  

Quanto aos demais ...
É bom irem se preparando para o que os espera. Nós estamos voltando.


PRA CIMA DELES, MENGÃO !!!

Escrito por Ricardo Perez