• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

QUAL O VALOR DO FLAMENGO?

Meus amigos flamenguistas, muitos se questionam sobre a postura do Flamengo diante da Globo na questão dos Direitos de Transmissão do Estadual 2020. Muitos jornalistas, principalmente os empregados da Globo, são contra a postura do Flamengo, consideram como soberba e até egoísmo da parte do clube.

Antes de entrar no mérito cotas de TV vamos falar sobre o Campeonato Carioca. Em uma entrevista para o globoesporte.com; o Diretor Esportivo da emissora, Fernando Manuel, diz que não é interessante para o mercado um campeonato desequilibrado, na postura de que “pagando mais para o Flamengo a competição ficará pendendo para um lado”. Porém, segundo Fernando Manuel, a Globo compra o Estadual da FFERJ e é a Federação que elabora a distribuição da verba entre os clubes da Série A, com exceção do Flamengo que negocia à parte.

Pois bem, sendo assim não é o Flamengo e muito menos a Cota da TV que deixa o campeonato “desequilibrado”, mas sim a própria Federação Carioca. Pois se cabe à ela a distribuição da cota televisiva, é justamente a FFERJ que desequilibra o seu próprio campeonato.

O contrato da FFERJ com a Globo é de R$ 120 milhões, onde Botafogo, Fluminense e Vasco recebem R$ 18 milhões, os demais clubes recebem cotas de acordo com posição de classificação distribuídas em outras 4 faixas, e como premiação a FFERJ distribui outros R$ 7,9 milhões. Claro que a FFERJ deve ficar com algum montante dessa verba, afinal de contas, ela é a dona do campeonato.

Como comparativo, os 4 grandes de São Paulo recebem uma cota televisiva de R$ 26 milhões, as demais equipes recebem R$ 6 milhões. A Globo não concorda com o posicionamento do Flamengo nessa negociação, prefere uma negociação coletiva, mas vamos recordar que foi a mesma Globo que implodiu o Clube dos 13 e proporcionou as negociações individuais, então agora não reclame.

E por falar em Globo, imagine se a Associação Brasileira de Agências e Publicidade exigisse que a Globo cobrasse um preço de veiculação idêntico ao do SBT, por exemplo, na faixa nobre de sua programação, será que ela iria aceitar? E por que ela cobra um valor superior ao do SBT? A resposta é simples, sua programação é líder em audiência no Brasil e nos principais centros comerciais do país. Pois é justamente com este argumento que o Flamengo se ampara ao exigir uma cota maior para a exibição de suas partidas no Campeonato Carioca.

A estreia do Carioca de 2019 na TV foi entre Flamengo x Bangu, onde foi registrado 21 pontos, com 47% de Share nos índices de audiência. Este ano a partida entre Vasco x Bangu registrou 18 pontos e 36% de Share. Isso já mostra a diferença que Flamengo e Vasco representam na TV Globo.

Ainda sobre a audiência do Carioca de 2019, as 5 maiores audiências do campeonato foram em jogos do Flamengo, sendo a maior audiência na final que registrou 34 pontos e 63% de Share.

Nos jogos do Flamengo os anunciantes da Globo tem maior visibilidade, maior exposição da marca e maior alcance de mercado. Sem o Flamengo os anunciantes perdem o interesse em pagar o que a Globo exige em seus contratos, e pela tabela de inserção da TV Globo, 30 segundos de exibição durante uma partida de futebol custa ao anunciante R$ 400 mil na quarta-feira e R$ 500 mil no domingo.

Em uma conta de padaria (não condizente com a real arrecadação), o intervalo de uma partida é de 15 minutos, vamos considerar 5 minutos para análise e melhores momentos e os demais 10 minutos para comercial. Se cada meio minuto custa 500 mil reais no domingo, a Globo arrecada cerca de 10 milhões de reais por comercial apenas em uma partida exibida no domingo.

Em 2019 o Flamengo teve as 10 maiores audiências televisivas no decorrer do ano, em 2018 o Flamengo também teve as 10 maiores audiências, sem falar que teve os 5 maiores públicos nos estádios no ano passado.

Se o Flamengo atrai mais anunciantes, se atrai mais patrocinadores, se tem as maiores audiências nas transmissões em TV Aberta e se é o clube que vende mais PPV, por que tem que receber o mesmo que os demais que somados não conseguem obter a mesma audiência?

Enquanto isso, vamos matando a saudade do radinho e acompanhar o Flamengo com o sub-20.

Saudações Rubro-Negras!

Escrito por Marcelo Neves