Abel Braga reclama e gols perdidos viram tema de debate no Flamengo

Abel Braga reclama e gols perdidos viram tema de debate no Flamengo
Gazeta Press

O Flamengo venceu a LDU por 3 a 1 pela Conmebol Libertadores. Porém, o excesso de gols perdidos pelo time voltou a repercutir de maneira negativa. No fim de semana, no empate por 1 a 1 com o Vasco, a falta de pontaria foi responsável por impedir o triunfo. Pelo torneio continental por muito pouco o confronto não se complicou.

“Apesar do resultado não estou satisfeito, pois continuo achando que estamos perdendo muitas oportunidades de matarmos os jogos quando temos chance. Por muito pouco a coisa não voltou a se complicar”, disse o técnico Abel Braga.

O meia Éverton Ribeiro concordou com o comandante. “Quando o jogo está dominado, a gente tem que aproveitar as oportunidades, porque acabar sofrendo castigo”, disse o apoiador.

Flamengo 3 x 1 LDU: veja os gols do líder do grupo D

Internacional 2x0 Alianza Lima; Assista aos melhores momentos

Adversário do Palmeiras, San Lorenzo vence o Junior Barranquilla; confira como foi

A voz menos crítica foi de Diego. “Temos que ver o lado positivo também, pois se estamos perdendo muitas oportunidades de gol é também por que estamos conseguindo ter grande volume e criando muitas chances. Mas logicamente que podemos melhorar e ter mais tranquilidade na hora de colocar a bola para dentro. Vamos seguir trabalhando em busca deste progresso”, analisou o jogador.

No grupo do Grêmio, Universidad Católica vence em casa; Veja os melhores momentos

O elenco do Flamengo fez um trabalho regenerativo nesta quinta-feira (14 de março) e retorna aos treinos na tarde desta sexta-feira (15), quando Abel Braga começa a definir o time que vai duelar com o Volta Redonda neste sábado (16), às 19h, no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela quarta rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.

Saiba mais!

Gabigol de declara ao Flamengo após vitória

Real confirma a contratação de Éder Militão

Carille se impressiona com Urso no Corinthians

(Crédito da imagem: Agência EFE)