• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

{ANTI-ZICA} Boa lembrança: último equatoriano que encarou o Flamengo no Maracanã acabou eliminado da Libertadores

Nesta noite, mais precisamente às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, Flamengo e Independiente Del Valle se enfrentam na final da Recopa Sul-Americana, um título inédito para as duas equipes. A última vez que o rubro-negro recebeu um equatoriano foi em agosto de 2019, quando enfrentou o Emelec, pelas oitavas-de-final da Copa Libertadores da América.

Não perca: Flamengo x Del Valle, na internet, você só vê aqui!

A partida de ida foi realizada em Guayaquil, no Equador. Em noite para esquecer, a equipe comandada por Jorge Jesus não teve um bom desempenho e perdeu o confronto por 2 a 0, tendo que reverter o placar no Maracanã, na partida de volta.

Já no segundo jogo, Gabigol teve uma noite inspirada e marcou os dois gols da equipe carioca.

O Flamengo começou pressionando a equipe equatoriana e igualou a série em apenas 18 minutos. A partir daí, os visitantes se fecharam e passaram a dificultar a criação da equipe mandante. Ainda assim, pouco ia ao ataque e não demonstrava forças para atacar.

Depois do intervalo, o Flamengo caiu de produção e o Emelec cresceu. Os equatorianos, que precisavam somente de um gol para se classificar, começaram a reagir e buscar mais o gol adversário, porém, a falta de qualidade técnica e tática atrapalharam na criação e nas conclusões das jogadas. O Rubro-Negro, no fim, ainda perdeu chances de fazer o terceiro e evitar os pênaltis, mas não conseguiu.

Apesar da atuação discreta com a bola rolando, Diego Alves defendeu o pênalti batido por Arroyo. Arrascaeta, Bruno Henrique, Renê e Rafinha fizeram para o Flamengo, que venceu por 4 a 2 e conquistou a vaga nas quartas-de-final da Copa Libertadores da América.

Daquela vez, Jorge Jesus escalou o Flamengo com Diego Alves; Rafinha, Thuler, Pablo Mari e Renê; Willian Arão, Gustavo Cuéllar, Gerson (Berrío) e Éverton Ribeiro (Arrascaeta); Bruno Henrique e Gabriel Barbosa (Reinier).

Para a decisão de logo mais, os escolhidos do Mister devem ser: Diego Alves; Rafinha, Léo Pereira, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Willian Arão e Gerson; Everton Ribeiro, Arrascaeta, e Vitinho (Pedro); Gabigol. Bruno Henrique e Rodrigo Caio ficam de fora, ambos lesionados.

Publicado em colunadofla.com.