• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Chefe do departamento médico do Flamengo, Dr. Tannure destaca importância da testagem em massa para a Covid-19

Na última semana, o Flamengo reabriu as portas do Ninho do Urubu e colocou em prática as medidas de segurança desenvolvidas para o retorno dos treinos. Parte importante do protocolo que visa o retorno do futebol, conta com a testagem em massa de jogadores, comissão técnica, funcionários e familiares, processo que foi devidamente explicado pelo Dr. Márcio Tannure, chefe do departamento médico do Mengão.

O Flamengo fez um grande investimento porque a gente acredita que uma das bases, pilares, da nossa estratégia do enfrentamento e do retorno seguro é a testagem em massa, então o Flamengo fez uma grande aquisição de testes para que a gente possa estar, semanalmente, duas vezes por semana, testando todos os nossos atletas, comissão, enfim, funcionários -, explicou, antes de prosseguir:

Mas esse trabalho vem sendo feito já há muito tempo, antes mesmo da data de retorno, porque a gente sabia que tinha que se preparar, se estruturar para isso. Todos os testes foram feitos com a ajuda da Rede D’or, que disponibilizou o laboratório Richet para que a gente fizesse os testes de todos os atletas, funcionários, comissão técnica e seus familiares. Toda essa ação foi realizada em parceria do Flamengo com a Rede D’or, através do laboratório Richet, sem custo pro clube -, concluiu Tannure, em entrevista à FlaTV.

Para o retorno das atividades no centro de treinamento, todos os jogadores, funcionários e membros da comissão técnica passaram por avaliações clínicas e foram submetidos à uma segunda testagem para a Covid-19 e, conforme divulgado pelo Mais Querido, 100% dos examinados testaram negativo para o novo coronavírus.

Publicado em colunadofla.com.