Confundidos com rubro-negros, homens de projeto social são ameaçados no Allianz Parque

Confundidos com rubro-negros, homens de projeto social são ameaçados no Allianz Parque

A 36ª rodada do Campeonato Brasileiro contou com o embate entre Flamengo e Palmeiras, realizado no Allianz Parque. Com a decisão de haver apenas torcida do clube da casa, o duelo contou com grandes polêmicas. Inclusive, dois homens que estavam na arquibancada do estádio foram ameaçados por torcedores alviverdes, por serem apontados como rubro-negros. No entanto, na realidade, os dois rapazes fazem parte de um projeto social. Um deles é o jogador Diego de Jesus Lima, que já atuou por equipes como Balenense de Portugal e Flamengo do Piauí, e hoje comanda um projeto de captação de novos atletas.

ASSISTA AOS VÍDEOS:

Diego, inclusive, se manisfestou sobre o assunto em rede social: “estávamos assistindo o jogo do Palmeiras e Flamengo quando um grupo de torcedores começou a nos xingar e tentaram nos agredir […] Só não fomos agredidos por causa da PM. Onde vamos parar com tanta violência? Que país é esse…”, disse ele em parte do desabafo.

PALMEIRAS SE PRONUNCIOU SOBRE O ASSUNTO

Na tarde desta terça-feira (03), a equipe alviverde se manifestou sobre o assunto. Em nota o clube declarou que é contra qualquer demonstração de intolerância. O clube garante ainda que já existe investigação em curso para identificar os torcedores que abordaram Diego e seu amigo.

Confira a nota:

Estádio de futebol é, essencialmente, um espaço democrático, um lugar onde todos deveriam ser bem-vindos independentemente da camisa que vestem ou da forma como torccem e se expressam. A Sociedade Esportiva Palmeiras não compactua e não aceita quaisquer atos de intimidação, intolerância e discriminação em nossa casa. Os episódios do último domingo (02), em que espectadores foram coagidos a deixar o Allianz Parque por não seguirem um padrão de comportamento imposto de maneira autoritária não refletem a história agregadora da nossa instituição.

Assim que tomamos conhecimento dos fatos, abrimos investigação para identificar os autores desses lamentáveis casos de violência que em nada contribuem para o bom convívio em sociedade. Se os responsáveis constarem no quadro de sócios Avanti do Palmeiras, serão sumariamente excluídos do programa. O respeito ao próximo é o mínimo que se espera em qualquer ambiente, ainda mais em uma praça esportiva.



Canal no Telegram: Clique aqui e faça parte do nosso canal para receber todas as notícias em primeira mão.