• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

#COVID19: Infectado, Maldini critica demora nas medidas de prevenção na Itália: “Futebol deveria ter parado antes”

Ídolo do futebol italiano e do Milan, Paolo Maldini é um dos infectados pelo novo coronavírus na Itália, o país mais afetado pela pandemia na Europa. De acordo com o ex-zagueiro, as medidas de contenção para evitar a transmissão rápida da doença foram tardias, e deveriam ser realizadas com mais antecedência: “O futebol deveria ter parado muito antes. Jogar de portões fechados é um atentado aos jogadores e à própria torcida”.

– Ter portões abertos na partida entre Liverpool e Atlético de Madrid pela Liga dos Campeões, com quatro mil torcedores chegando na Inglaterra da Espanha, país que já era uma zona de foco do vírus, foi uma loucura. O mesmo vale para Atalanta x Valencia, que foi uma das causas para o surto em Bérgamo, analisou Maldini.

Paolo detalhou também como está sendo sua recuperação e os sintomas que ainda sente em seu organismo. O ex-atleta também comentou sobre seu filho, Pablo Maldini, que também testou positivo para o coronavírus. Além disso, ressaltou que esperar estar 100% recuperado em até uma semana.

– Como todos os atletas, eu conheço meu corpo. As dores são particularmente fortes, sentimos um aperto no peito. É um novo vírus, as lutas físicas contra um inimigo que não conhece. Tive os primeiros sintomas em 5 de março, dor nas articulações e músculos, 38,5 ° de febre, não fiz o teste até terça-feira e o veredicto de positividade chegou dois dias depois. Idem para o meu filho Daniel, que teve uma forma mais fraca. Estamos bem. Devemos nos recuperar desse vírus em uma semana. Obrigado pelo seu carinho contínuo.

Publicado em colunadofla.com.