Diego Costa dá declarações sobre o Flamengo e revela condição para atuar no Brasil no futuro

Diego Costa dá declarações sobre o Flamengo e revela condição para atuar no Brasil no futuro

O​ Flamengo elevou o patamar das contratações na última janela de transferências. Além de acertar com técnico português Jorge Jesus, a diretoria fez grandes e ousados movimentos, contratando os renomados laterais Rafinha e Filipe Luis, o jovem Gerson e o espanhol Pablo Marí. Além destes nomes, outros atletas conhecidos do futebol mundial estiveram na mira, incluindo um brasileiro que construiu sua carreira atuando no Velho Continente.

Após desembarcar na Gávea e conhecer o elenco, Jorge Jesus pediu a contratação de um novo centroavante, que acabou não chegando. Entre os nomes especulados, o jogador com mais intensas negociações foi o italiano Mario Balotelli, que acabou acertando para atuar em seu país de origem. Outro jogador de renome que surgiu na mira foi de Diego Costa, naturalizado espanhol, que atua no Atlético de Madrid.

FBL-ESP-LIGA-ATLETICO MADRID-EIBAR

Já nesta semana, em entrevista ao ​canal do Youtube "Que Partidazo", o centroavante deu declarações animadoras aos torcedores rubro-negros quanto ao futuro do clube. Ele também confirmou seu sonha de jogar no Mengão e relatou a condição essencial para retornar ao país. Atualmente com 30 anos, ele está na Europa desde 2006, rodando pelos portugueses Penafiel e Braga, os espanhóis Celta de Vigo, Albacete, Valladolid, Rayo Vallecano e Atlético de Madrid, e o inglês Chelsea. Na equipe "Colchonera", em duas passagens, soma 179 atuações e 76 gols marcados.

“Eu, sinceramente, pelo que eu me conheço, eu só vou jogar em um time brasileiro, se eu estiver bem fisicamente, se eu me sentir bem. Porque lá é uma pressão extra. O povo lá é muito apaixonado. E aí, fisicamente, você vê que já está um pouco limitado para chegar e não conseguir demonstrar um pouco do seu futebol. Lógico que tenho vontade de jogar no Brasil, porque nunca joguei e tenho esse sonho. E clubes como Flamengo, que chega um momento e você tem essa possibilidade, você não vai dizer não, se você estiver bem. Você tem que estar bem, porque é time grande. Você vê que as coisas estão crescendo”, disse o jogador, que destacou a mudança de status do Rubro-Negro.

“O Flamengo é o time que todos os jogadores, não só brasileiros, você vê que teve a possibilidade de o Balotelli ir, todos querem ir. Com o crescimento que está tendo agora mesmo. Mas vamos ver daqui a dois, três anos, se o Flamengo vai querer esse jogador. Porque o Flamengo está crescendo, tem uma torcida, eu falei, o que vai fazer o time crescer é a torcida, então, tem esse diferencial. Automaticamente, vai chegar um momento em que os jogadores vão se oferecer, como já se oferecem. Mas vão estar pedindo para ir vários jogadores, então, vai chegar um momento que não vai ser fácil entrar ali”, completou.

O atacante chegou a ser sondado pelo Flamengo, mas os altos valores envolvidos dificultaram as tratativas. Um dos principais motivos foi o salário de Diego Costa, fora dos padrões do futebol brasileiro.

Clique aqui e faça parte do nosso canal do Telegram e receba todas as notícias em tempo real.