• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Diego projeta reinício do Flamengo após paralisação: "10 dias no limite físico e técnico"

O elenco do Flamengo ainda não tem data certa para voltar aos trabalhos, mas um dos capitães do time já sabe o que fazer para compensar o período parado. Em entrevista ao canal oficial do clube nas redes sociais, o meia Diego projetou o reinício dos trabalhos e disse que a equipe precisa aproveitar ao máximo os primeiros dias.

+ Vapo solidário: Gérson, do Flamengo, "adota" 200 famílias carentes para doações de cestas básicas

- Os primeiros 10 dias precisam ser muito bem aproveitados, além da preparação que está sendo feita neste período. Mas o aproveitamento no limite do trabalho físico e técnico será fundamental para que possamos estar o mais próximos da nossa forma ideal e voltar a competir em alto nível. Este é o nosso desafio, com boas preparação e mentalidade - disse o camisa 10 rubro-negro.

Diego também reconheceu a ansiedade por voltar aos gramados. O elenco do Flamengo está de férias até 20 de abril, mas os campeonatos seguem suspensos por período indeterminado.

- Está sendo um período delicado, e nós estamos procurando seguir todas as recomendações. A expectativa é muito grande de poder retornar. É o que amamos fazer. Nós não sabemos precisar quando será esse dia, mas nós vamos controlando essa ansiedade. Temos feito trabalho físico com respaldo da nossa preparação física e do departamento médico.

Confira outros tópicos da entrevista de Diego:

Sonho de jogar no Flamengo

- Desde que eu joguei contra o Flamengo, que pude sentir melhor o clima, já começou a nascer no meu coração a vontade de vestir esta camisa. Com o tempo só foi aumentando, conforme eu conversava com alguns jogadores, Juan, Julio Cesar, e todos falavam muito bem. Cada jogo a que assistia, comemoração de título, foi aumentando esse meu desejo, até que tive a oportunidade de vir para cá e realizei esse sonho.

Três capitães para levantar as taças

- O grupo é muito unido e demonstra isso constantemente. Foi uma decisão nossa, em conjunto, para que nós sentíssemos juntos toda essa emoção. O mais importante é ganhar título, e quem levanta acaba tendo esse destaque, mas no fim todos ganham. Foi uma decisão coletiva, da maneira que nós vivemos. Estamos sempre nos divertindo de forma coletiva, nos respeitando. Nada melhor que uma cena como essa para representar muito bem este grupo.

Lesão grave em 2019

- A lesão mais complicada da minha carreira, um dos momentos mais difíceis, mas também um dos mais gratificantes lá no final, com o sonho sendo concretizado. A previsão era de cinco a seis meses, conseguimos em 2 meses e 20 dias, graças a Deus, a muito esforço e ao apoio dos companheiros e da comissão técnica. Vim para cá ser campeão, não aceitei aquela situação, fiz tudo que estava ao meu alcance, foi uma recuperação bem acima da média. Agora é uma historia para contar que não tem preço. É algo muito impactante na minha vida pessoal e profissional que sempre levarei com muito carinho.

Passe para o gol de Gabigol na final da Libertadores

- Eu tinha expectativa de que seria um lance perigoso, porque vi que o Bruno Henrique fez um movimento e abriu espaço para o Gabigol. Quando vi o espaço onde a bola poderia cair, seria um lugar do campo que é muito perigoso. E ele foi muito feliz., conseguiu colocar aquela bola para dentro.

Eu estava, sim, acreditando muito. Acho que sonhei tanto com aquele momento, durante a minha recuperação eu visualizava muito aquela situação, de jogar, de ser importante. Eu acreditei e estava muito confiante de que poderia acontecer aquele gol. a explosao de alegria ali foi e objetivo alcançado de uma maneira que lembraremos para sempre.

Momento mais difícil

- Foi a eliminação para o Athletico (na Copa do Brasil), porque é difícil quando você faz tudo da maneira correta, se dedica, faz tudo como manda o figurino, e os resultados não acontecem por detalhes. Isso, realmente, em alguns momentos, é bem frustrante. O que faz a diferença é a perseverança, independentemente da circunstância. Aquele momento foi uma decepção gigantesca, porque sempre sonhei conquistar um grande titulo pelo Flamengo. Naquele momento decidi perseverar e continuar sonhando. O resultado foi que veio pela frente um título muito impactante.

Festa à fantasia com o elenco

- Foi sensacional. Foi uma das melhores festas da minha vida. A galera comprou a causa, foram todos fantasiados e nós nos divertimos muito. demos muita risada. Alguns mais estilosos, outros nem tanto. Foi uma festa marcante, que já deu saudade. Demonstra que é um grupo especial, não só pela amizade, mas também pela mentalidade vencedora. Isso me deixa extremamente orgulhoso.

Publicado em globoesporte.globo.com.