• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Dirigente do Botafogo aponta ‘desespero’ da diretoria do Flamengo: “Receita caiu violentamente”

Visivelmente indignado com a postura da diretoria do Flamengo em retornar as atividades em meio à pandemia do coronavírus, Carlos Augusto Montenegro, membro do Comitê Executivo de Futebol do Botafogo, em entrevista ao programa “Fox Sports Rádio”, comentou sobre a situação financeira atual do rubro-negro e afirmou que as “receitas caíram violentamente”.

— Como tem condição, está sofrendo muito, muito … receita caiu violentamente, jogos que acontecerem serão com o estádio fechado, não vai ter exposição de patrocinadores, tiveram que renovar contrato com Gabigol, treinador pagando milhões em euros e etc. Há um certo desespero, e querem ter uma vantagem competitiva, pois está treinando mesmo correndo o risco, e os outros clubes não estão. Em certo momento eles terão essa vantagem, pois o futebol nunca parou por tanto tempo assim. Agora, com uma doença que ninguém conhecia, e continua não conhecendo, só teremos uma solução com a vacina. Estamos indo pra 90 dias, eu sei que isso é sério, então eles querem arriscar pra poder tentar se movimentar.

Na última quarta-feira (20), o elenco principal do Flamengo utilizou dois campos do CT Ninho do Urubu para a realização das atividades comandadas pelo treinador Jorge Jesus. Um helicóptero da Rede Globo flagrou o treinamento, que vai de encontro ao pronunciamento do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, que reprovou a postura do clube.

Publicado em colunadofla.com.