• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Em meio ao surto do coronavírus, jornalista afirma: “Se precisar sacrificar os campeonatos estaduais, sacrifique”

A pandemia do COVID-19, além de ter causado a paralisação das principais atividades esportivas no Brasil e no mundo, colocou em dúvida de como ficará o calendário do futebol brasileiro. Não há previsão de como a CBF vai resolver para realizar o Brasileiro e nem como as federações vão dar continuidade aos estaduais. Durante o podcast ‘Posse de Bola’, o jornalista Eduardo Tironi, disse que, para ele, se alguma competição tiver que ser “sacrificada” nesta temporada, que seja o estadual.

O Brasileiro é o campeonato que você não pode abrir mão e não pode perder. E você deveria, para mim, sacrificar o restante. Se precisar sacrificar os campeonatos estaduais, sacrifique os campeonatos estaduais, tudo bem. Tire os grandes do campeonato estadual, faz um campeonato que continue com os pequenos jogando, enfim, eu acho que para o começo da conversa era: preserve o Campeonato Brasileiro como ele é –, disse antes de prosseguir:

Sem inventar um turno só, é claro que a gente não sabe quanto tempo isso vai demorar, mas sem mata-mata, sem mudar regulamento. Preservar o Campeonato Brasileiro, nem que ele invada um pouco no ano que vem, é do jogo. A minha proposta é essa -, finalizou.

O momento, no entanto, é de obedecer as autoridades e permanecer em casa. O Flamengo, por exemplo, suspendeu seus treinamentos no Ninho do Urubu, por tempo indeterminado. A solução que o clube encontrou para manter seus jogadores ativos e em forma, foi enviar para a residência de cada um, equipamentos de academia para que eles sigam o planejamento indicado e se exercitem.

Por ter uma forma de contágio fácil, o melhor é se manter em quarentena voluntária como recomenda o Ministério da Saúde. Outra orientação importante é sobre a higienização. Lavar bem as mãos com água e sabão e usar álcool gel pode ajudar a frear o aumento no número de pessoas infectadas.

Publicado em colunadofla.com.