Em ótima atuação coletiva, Flamengo passa pela LDU e assume liderança isolada do Grupo D da Libertadores

Em ótima atuação coletiva, Flamengo passa pela LDU e assume liderança isolada do Grupo D da Libertadores

Flamengo e LDU, do Equador, se enfrentaram na noite desta quarta-feira (13), no Maracanã, pelo segundo jogo da fase de grupos da Libertadores da América. Jogando diante de mais de 62 mil torcedores, o Rubro-Negro dominou as ações no primeiro tempo, chegando ao gol antes dos dez minutos iniciais, com Everton Ribeiro. Na etapa complementar, o Fla demorou, mas manteve o forte ritmo, derrotando com autoridade os equatorianos por 3 a 1, que descontaram no final em cobrança de pênalti.

O JOGO

Apesar de um jogo de forte marcação do Flamengo no início, foi a LDU quem chegou bem na primeira chance da partida, aos sete minutos. Em lançamento na área, Aguirre escorou para a meia lua de cabeça, e Julio apareceu bem para bater de primeira. Bem posicionado, Diego Alves espalmou e afastou o perigo.

Imprimindo uma boa velocidade de jogo e em sua primeira grande chance, o Rubro-Negro foi fatal. Renê avançou pela esquerda aos oito minutos e tocou para Diego na área. O camisa 10 da Gávea enxergou Everton Ribeiro livre, que apenas teve o trabalho de vencer o goleiro e colocar para dentro da rede, abrindo o placar no Maracanã.

O Fla quase chegou ao segundo ao segundo gol aos 16. Em cobrança ensaiada, Diego Ribas rolou para Everton Ribeiro, que levantou para a área. Bruno Henrique venceu a defesa equatoriana e subiu bem de cabeça, mas o goleiro da LDU operou um milagre, evitando uma vantagem ainda maior do Rubro-Negro.

Entrosados em campo, Diego e Everton Ribeiro novamente iniciaram mais uma jogada de perigo do Flamengo aos 19 minutos. Em troca de passes dos meias na entrada da área, o camisa 10 deixou com Pará na direita, que cruzou bem, encontrando o volante Willian Arão. O camisa 5 subiu, porém cabeceou acima do travessão adversário.

Aos 28, a equipe carioca ainda teve chance clara de ampliar o placar e reafirmar o amplo domínio durante a primeira etapa. Na entrada da área, Everton Ribeiro deu lindo passe para Gabigol, que ficou cara a cara com o goleiro. O camisa 9 finalizou em cima do arqueiro adversário e, na sobra, isolou a bola, perdendo grande oportunidade.

Sem garantir a vantagem, o clube da Gávea levou duro golpe aos 42 minutos. Vega dominou a bola na área após cobrança de lateral e foi tocado por Diego Ribas. O árbitro não teve dúvidas e marcou pênalti, mas Diego Alves salvou aquilo que seria o empate da equipe adversária. O goleiro rubro-negro acertou o canto e defendeu a cobrança de Intriago.

No início da etapa complementar, o Flamengo voltou com menos intensidade e ameaça pouco, diferentemente do primeiro tempo. Os comandados de Abel Braga só foram acordar aos 14 minutos, em chute de fora da área de Willian Arão. O camisa pegou a sobra e arriscou no canto, para a boa defesa do goleiro Gabbarini.

Em novo lance aos 15, o volante deu lindo passe de calcanhar, deixando Léo Duarte em grandes condições de finalização. O zagueiro se ajeitou para o chute, mas foi atrapalhado por Christian Cruz, que chegou para dividir. Ainda assim, a bola passou com muito perigo à direita do gol da LDU.

Mais ligado e pouco ameaçado pelo adversário, o Rubro-Negro finalmente chegou ao segundo tento aos 23 minutos. Em lançamento dentro da área, Bruno Henrique escorou, e a bola sobrou para Gabriel Barbosa, que chutou forte para o gol, não dando qualquer possibilidade de defesa para Gabbarini.

Depois de muita entrada, Bruno Henrique foi substituído por Uribe, que mostrou estrela e marcou mais um na partida, aos 39 minutos. Renê fez lançamento longo, e Arão escorou de cabeça para dentro da área, encontrando Uribe. O colombiano dominou e chutou cruzando, marcando o terceiro gol rubro-negro na partida.

Já nos acréscimos, a LDU chegou pela primeira vez na área rubro-negra e mais um pênalti foi marcado, após Trauco tocar de leve no adversário. Na cobrança, Cristian Borja bateu no canto esquerdo de Diego Alves e diminuiu a vantagem, dando números finais ao embate.

Com o resultado, o Flamengo pula para a primeira colocação do Grupo D de forma isolada, tendo 100% de aproveitamento nas duas primeiras partidas disputadas pela Libertadores. Os jogadores rubro-negros se reapresentam na tarde desta quinta (14), visando dar início à preparação para o confronto com o Volta Redonda, neste sábado (16), pela Taça Rio.