• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Felipe, ex-Flamengo, reprova retomada das atividades no Ninho do Urubu: “Acho que falta humanidade na diretoria”

Campeão da Copa do Brasil de 2013 com o Flamengo, o goleiro Felipe, hoje no Botafogo-PB, criticou a postura da diretoria rubro-negra em retornar aos treinos no CT Ninho do Urubu. Em entrevista ao canal Fox Sports nessa quinta-feira (21), o atleta julgou a atitude como “falta de humanidade” e questionou o motivo das atividades, já que todas as competições ainda estão paralisadas por conta da pandemia de coronavírus.

Ganhe dinheiro com capinhas e acessórios do Mengão!

— Vai treinar para jogar qual campeonato? Vai jogar contra quem? A Libertadores não tem previsão? Qual o intuito? Os médicos são as melhores pessoas para responder. Vai treinar e vai jogar contra quem? O Flamengo tem estrutura que pode testar todo dia. E os outros clubes? Se algum atleta se contaminar e levar para a família? O Flamengo deveria dar exemplo, estar em casa, perdeu um funcionário de quase 40 anos de clube. Outros três atletas contaminados. O Flamengo não está com dificuldade financeira. E os outros clubes que não têm 5% do faturamento do Flamengo, que não têm ajuda da CBF? A Prefeitura vetou, espero que eles sejam mais sensíveis neste momento.

— Os grandes clubes estão sentindo o impacto financeiro. São vidas sendo perdidas. Não quero desejar o mal de ninguém, Deus que livre, mas imagina um atleta de nível internacional treina e vem a óbito? Imagina a repercussão negativa? Esse tema vem à tona toda vez. Acho que falta humanidade na diretoria do Flamengo.

Revelado no Vitória, Felipe chegou ao Flamengo no final de 2010. Vindo do Braga, de Portugal, o goleiro conseguiu se destacar com ótimas defesas e demonstrar uma liderança sobre o grupo de jogadores. Além disso, foi titular na conquista da Copa do Brasil de 2013, sob o comando de Jayme de Almeida. Com 36 anos, o arqueiro atualmente defende as cores do Botafogo-PB.

Publicado em colunadofla.com.