• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Flamengo se pronuncia sobre retomada de treinamentos; Prefeitura sinaliza sanções

Queda de braço. Não há expressão que melhor descreva o cenário de momento no Rio de Janeiro, com o Flamengo no epicentro de uma disputa que em nada dialoga com a realidade do Estado e do país: pelo direito de retomar atividades em seu Centro de Treinamento. Como noticiado na última quarta-feira (20), o clube da Gávea desrespeitou a determinação da Prefeitura e retomou treinos, gerando reação negativa até mesmo em seus torcedores. Prova disso é que os muros da Gávea amanheceram pichados com palavras de ordem contra a diretoria rubro-negra e seus posicionamentos pouco 'humanos' em meio à pandemia de coronavírus.

Os muros pichados, no entanto, não foram o único evento envolvendo o Flamengo nesta quinta (21). Como destaca o Globoesporte, a instituição utilizou de nota oficial para se manifestar sobre a retomada das atividades, defendendo seu posicionamento: "Os atletas e os integrantes envolvidos no dia a dia do Ninho do Urubu informam que se sentem seguros e aptos a retomar os treinamentos em razão do protocolo de segurança e prevenção adotado pelo Departamento Médico do Flamengo", trazia um trecho do comunicado, assinado por Marcos Braz e Bruno Spindel.

A Prefeitura do Rio de Janeiro, na figura da secretária de saúde Beatriz Busch, voltou a reprovar a atitude do clube carioca e sinalizou que sanções poderão ser aplicadas:"Nós acreditamos que o Flamengo, se estiver fazendo alguma atividade, vai voltar atrás e cumprir o papel dele. Um clube tão importante e formador de opinião. Imagina os nossos jovens vendo o Flamengo treinar. Eles vão querer sair de suas casas no momento que isso não é possível. Se o Flamengo não cumprir o decreto, será penalizado como qualquer time que não cumpra", afirmou.

Flamengo Practice Session at Ninho do Urubu - Copa CONMEBOL Libertadores 2019 Final

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.

Publicado em www.90min.com.