• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Governantes dão sinal positivo, e Flamengo deve receber autorização para treinar no Ninho

O Flamengo está próximo de conseguir a liberação definitiva para treinar no Ninho do Urubu. A reunião deste domingo (25) entre o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, e demais clubes poderá selar o acordo. O Rubro-Negro conta, principalmente, com o sinal positivo do governador Wilson Witzel, do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do próprio prefeito do Rio. Autoridades da saúde, no entanto, permanecem contrários.

Nós estamos propondo, no conselho científico, uma estratégia de retorno. Os clubes que puderem obedecer isso, então a partir do dia 25 (fim do decreto) poderão (voltar a treinar). A estratégia é rigorosa, ela é muito rigorosa. No domingo me reúno com os clubes -, disse Crivella nesta sexta-feira.

Antes mesmo do anúncio do prefeito do Rio, o presidente Jair Bolsonaro já havia dado indícios sobre o assunto ao ratificar o desejo pela volta do futebol brasileiro. O mandatário recebeu Crivella em Brasília na manhã da última quinta-feira e fez um apelo em favor da retomada do Carioca.

Em um primeiro momento, tinha muito jogador que era contra. Agora já tem um outro entendimento dos jogadores, obviamente sem torcida. Está nas mãos do prefeito Marcelo Crivella isso (decisão pela volta do Carioca). No que depender do Ministério da Saúde, o ministério também é favorável a dar um parecer nesse sentido. Para que a gente possa assistir a um futebolzinho no sábado, domingo […] Os jogadores querem. O que interessa é isso: os jogadores querem voltar a jogar. E afinal de contas, não sabe até quando vai esta pandemia e todo mundo pede por isso aí. Espero que o Marcelo Crivella resolva autorizar a volta do campeonato Carioca -, afirmou Bolsonaro.

Em relação a Witzel, o discurso foi diferente, mas animador para a pretensões do clube. O governador não chegou a falar sobre a liberação dos treinos, porém afirmou que a responsabilidade é das equipes: “A decisão tem de ser das entidades associativas. Nunca fui contra, só não pode ter plateia. Nunca fui contra o Flamengo jogar de novo, muito menos o Fluminense, o Vasco e o Botafogo. Responsabilidade é dos clubes com seus atletas“, garantiu.

Ganhe dinheiro com capinhas e acessórios do Mengão!

De acordo com informações do Globoesporte.com, o Flamengo tem todos os alvarás e licenças de funcionamento e também segue um rigoroso protocolo de segurança para evitar a proliferação do coronavírus. O clube emitiu um comunicado na última quinta reforçando o apoio do elenco, comissão técnica e funcionários do departamento de futebol. A equipe já estava realizando trabalhos com os profissionais desde última segunda-feira (18).

Publicado em colunadofla.com.