• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Imparável! Flamengo sobra, vence Del Valle e conquista Recopa Sul-Americana 2020

Estamos em fevereiro e o ​Flamengo já está cansado de erguer troféus na temporada. Na noite desta quarta-feira (26), o clube da Gávea adentrou o lotado Maracanã precisando de uma vitória simples para conquistar a Recopa Sul-Americana 2020. Mas fez bem mais que isso: dominando inteiramente o Independiente del Valle, o atual campeão da ​Libertadores passeou: 3 a 0, gols de Gabriel Barbosa e Gerson, duas vezes. Noite goleadora para o 'coringa' rubro-negro e de muita festa nas arquibancadas.

Primeiro tempo

Flamengo v Independiente del Valle - CONMEBOL Recopa Sudamericana 2020

Elogiado por Jorge Jesus por sua qualidade e coragem após o jogo de ida, o Independiente del Valle foi ao Maracanã com a mesma postura, tentando jogar bola e não se intimidando com o peso e tamanho do rival. Os primeiros 15 minutos foram bastante equilibrados, até que uma bobeira generalizada na zaga equatoriana foi suficiente para tirar o zero do marcador: Segovia e Pinos bateram cabeça e a bola sobrou limpa para Gabigol, que não perdoou. 1 a 0, sexto gol do artilheiro no ano. O tento poderia ser o ponto de partida de um 'rolo compressor' rubro-negro, mas minutos depois veio um anticlímax inesperado: Willian Arão, por solada na altura do peito do rival, foi expulso após consulta do árbitro ao VAR. Pedro acabou 'sacrificado' para a entrada de Thiago Maia e, apesar da desvantagem numérica, o Fla seguiu em cima e quase chegou ao segundo gol com Gabigol. O camisa 9 arrancou, driblou dois e chutou firme, mas parou em boa defesa do goleiro Pinos.

Segundo tempo

Beder Caicedo,Everton Ribeiro

​Precisando de dois gols para ser campeão, o Del Valle voltou pra segunda etapa mais ofensivo e quase conseguiu empatar aos 10', mas Diego Alves fez bela intervenção para garantir o zero no marcador. Muito maduro e consciente, o Flamengo de Jorge Jesus conseguiu esfriar o rival, cadenciando o ritmo do jogo. Gabigol, em mais uma noite inspiradíssima, fez belíssima jogada individual e quase fez o segundo, mas coube à Gerson aproveitar a sobra e dobrar o placar. Com 2 a 0 a favor, Jesus promoveu mudanças e deu minutos para Vitinho e Michael, duas peças de sua confiança entre os reservas. Ainda houve tempo para o terceiro gol, mais um de Gerson, completando excelente contra-ataque tramado por Gabigol e Vitinho. Sexto título internacional da história do Flamengo, o primeiro no Maracanã!

Publicado em www.90min.com.