• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Jorge Jesus e elenco dão apoio à diretoria e aprovam decisão do Flamengo por volta aos treinos

Em meio a questionamentos, o Flamengo decidiu retomar os treinos no Ninho do Urubu e, para isso, conta com boa aprovação do técnico Jorge Jesus e dos próprios jogadores do elenco. Em reunião desta quinta-feira (21), o chefe do departamento médico Márcio Tannure explicou os protocolos utilizados e recebeu apoio do Mister e dos atletas, representados pelas lideranças do plantel.

A informação foi divulgada primeiramente pelo Globoesporte.com. O portal ainda destacou que os jogadores estão preparando um texto para publicarem em redes sociais nesta sexta-feira (22). A ideia é dar apoio ao clube na volta às atividades. Camisa 10 e um dos capitães, Diego Ribas já havia aprovado a decisão para tentar a retomada das atividades, parabenizando Tannure por sua atuação nos bastidores.

O GE destacou, por fim, que o feedback diário sobre as medidas implementadas pelo Flamengo tem chamado positivamente a atenção dos jogadores. Houve uma mudança drástica na rotina dos atletas no CT. Cada um utiliza um quarto individual no hotel da concentração para se trocar.

Por outro lado, o retorno não é visto com bons olhos por autoridades de saúde e pelo comitê criado para atuação no combate ao coronavírus. Uma equipe da Prefeitura irá ao Ninho para averiguar sobre as atividades, e punições não são descartadas.

Ainda nesta quarta-feira, o governador do Rio, Wilson Witzel, se manifestou sobre o assunto, mas tirou a responsabilidade do Governo sobre a decisão do Flamengo.

– O que eu disse que sou contra são os treinos sem preocupação dos dirigentes. Da mesma forma como os atletas vão ter a preocupação dos dirigentes, a responsabilidade é deles. Os atletas têm de estar protegidos, a carreira é deles. A decisão tem de ser das entidades associativas. Nunca fui contra, só não pode ter plateia. Nunca fui contra o Flamengo jogar de novo, muito menos o Fluminense, o Vasco e o Botafogo. Responsabilidade é dos clubes com seus atletas -, afirmou Witzel.

Publicado em colunadofla.com.