• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Mauro Cezar analisa permanência de Jorge Jesus no Flamengo e afirma: “Abrir mão dele seria uma loucura”

Após o treinador Jorge Jesus ter anunciado sua permanência no Flamengo, na última terça-feira (02), o assunto tomou conta da imprensa esportiva e das redes sociais. A renovação de contrato entre o técnico e o Mais Querido dividiu opiniões. Isso porque, enquanto alguns apontaram como ‘absurdo’ os valores envolvidos na negociação, outros não viam outro nome para assumir o comando do Rubro-Negro.

No quadro ‘Fala, Maurão’, do Uol, Esporte, o Jornalista Mauro Cezar Pereira fez questão de mostrar que faz parte da parcela que considerou o acordo bom para ambas as partes. Segundo o comentarista, o investimento do Flamengo no ‘fico’ do português, é alto, porém, seguro. Além disso, o blogueiro ressaltou que seria uma loucura se o Mais Querido abrisse mão do treinador.

Jesus é um dos grandes responsáveis por esse momento do Flamengo. Abrir mão dele hoje seria uma loucura. É um investimento alto, mas é um investimento com uma margem de erro, aparentemente, muito pequeno. Então é um bom negócio para todo mundo -, disse.

Outro ponto elogiado por Mauro Cezar foi a paciência do Flamengo para solucionar as tratativas junto ao Mister e seus representantes. De acordo com o jornalista, o clube carioca acertou ao não apressar as conversas e a não pressionar o treinador, pois se o negócio tivesse sido fechado antes da pandemia da Covid-19, os valores acordados seriam ainda mais altos.

O Flamengo esperou o momento certo. Fez muito bem em renovar o contrato neste momento. Se estivesse corrido para acelerar a renovação, poderia ter feito um acordo com o Jesus antes da pandemia. Ou seja, os valores seriam outros. Na época, o técnico pedia 50 a 55% de aumento, aproximadamente. Isso significaria um grande salto na sua remuneração – declarou antes de prosseguir:

O Flamengo não se apressou. Aí volta com a pandemia. Quando as partes voltaram a conversar, já se conversa em outro nível, dentro de uma nova realidade, que é a realidade econômica mundial durante e depois da pandemia. Jesus teve um aumento pequeno. Em contrapartida, fez algumas exigências, como um contrato só até o meio do ano. O Flamengo queria que fosse até final de 2021 para coincidir o término do compromisso com o final do mandato do presidente Rodolfo Landim – completou.

Ganhe dinheiro com capinhas e acessórios do Mengão!

Apesar do ‘auto-anúncio’ de Jorge Jesus, o Flamengo ainda não oficializou a permanência do treinador no comando do time rubro-negro. O contrato entre ambos, inclusive, não foi assinado, segundo o Uol Esporte. Muito cobrado pelos torcedores através das redes sociais, a tendência é que o Mais Querido e o Mister sacramentem o acordo nesta sexta-feira (05).

Publicado em colunadofla.com.