NÓS QUEREMOS RESPEITO E COMPROMETIMENTO, ISSO AQUI NÃO É VASCO, ISSO AQUI É FLAMENGO!

NÓS QUEREMOS RESPEITO E COMPROMETIMENTO, ISSO AQUI NÃO É VASCO, ISSO AQUI É FLAMENGO!

Depois de um longo e tenebroso inverno, olha eu por aqui novamente. Já estava com saudades dos nossos bate papos daqui do FlaRJ. Mas depois das chineladas sobre nosso maior freguês eu não poderia deixar de passar aqui para saudar todos vocês.

 

Só para tirar uma dúvida, algum de vocês chegou a duvidar sobre o desfecho dessa final do Carioca 2019, ela poderia ser diferente do que aconteceu? Nosso time é indiscutivelmente muito superior ao time do Vasco em todos os aspectos, sejam eles técnicos, físicos ou psicológicos.

 

E principalmente na parte do psicológico, eles estão muito abalados, já que faz 31 anos que eles não conseguem nos vencer em nenhuma decisão, desde 1988 os caras ao saberem que vão nos enfrentar, tremem. Eles já entram derrotados, seja qual for o time que tenhamos em campo. E esse ano, para piorar a situação do nosso freguês, estamos com um timaço, repleto de bons jogadores em quase todas as posições, uma verdadeira SELE-FLA e para desespero do arco-íris vem mais reforços por aí.

 

É impressionante a desvalorização que essa imprensa bairrista coloca na nossa conquista. O fato de termos sido campeões, faz do Campeonato Carioca uma competição sem nenhum valor. Porém, se tivéssemos sidos derrotados, o mundo estaria desabando sobre nossas cabeças. E é por isso que eu comemoro e muito esse trigésimo quinto campeonato, eles vão ter que nos engolir como o REI DO RIO!

 

Mas não é querendo colocar água no chope de vocês, mas o Carioca já passou e daqui por diante, nós precisamos provar até para nós mesmos que esse time é verdadeiramente forte e competitivo e já na próxima quarta-feira, pela Libertadores, precisamos nos impor lá em Quito, com altitude e tudo mais, e já carimbar nossa classificação, de forma antecipada, para a próxima fase da competição. Será nossa primeira prova de fogo do ano.

 

Parece que os jogadores recém chegados já entenderam o recado da Magnética, nós colocamos eles no colo, apoiamos e estaremos sempre ao lado deles, desde que NUNCA nos falte respeito e comprometimento como muito bem diz a música mais entoada neste final de semana no Maracanã.

 

Mesmo tendo consciência que temos um time muito melhor que o da LDU, precisamos saber jogar essa competição e usar a inteligência e não partir pra cima deles de forma atabalhoada, é preciso matar o jogo assim que as oportunidades surgirem e parar de cometer o nosso maior erro dos últimos anos, que é criar inúmeras oportunidades e não transforma-las em gols, liquidando as partidas de forma rápida e segura. E muitas vezes esses erros transformam o jogo em um verdadeiro martírio.

 

Logo após esse jogo dificílimo que teremos em Quito, no próximo sábado, começaremos o Brasileirão contra o Cruzeiro, time que na minha humilde opinião é um dos quatro candidatos ao título, além de nós, Palmeiras e Grêmio. Sendo assim, precisamos iniciar a competição com o pé direito, anotando já os três primeiros pontos.

 

Ou seja, na próxima quarta-feira o ano começa de verdade pra gente, até agora estávamos apenas aferindo os motores, azeitando a máquina para começar nossa arrancada rumo ao topo.

ISSO AQUI NÃO É VASCO, ISSO AQUI É FLAMENGO!

 

E como bem disse o Exº Dr. Juiz de Direito Eliezer Rosa, apaixonado torcedor do América, no trecho de sua carta ao Jurisconsulto João Antero de Carvalho.

 

ISTO É FLAMENGO

 

Flamengo não é somente um clube, uma agremiação esportiva. O Flamengo é uma religião, uma seita, um credo, com sua bíblia e seus profetas maiores e menores. O Flamengo é um amor, uma devoção, uma eterna comunhão de sentimentos. Por ele muitos deram a vida, alienaram a liberdade, destruíram amizades, arruinaram lares, com homicídios e suicídios. O Flamengo dá febre, dá meningite, da cirrose hepática, dá neurose, dá exaltação de vida e de morte. O Flamengo é uma alucinação. Deveria ser feita uma Lei Federal que obrigasse o Flamengo a jogar em todo Brasil, toda semana e ganhar sempre.

Quando o Flamengo vence, há mais amor nos morros, mais doçura nos lares, mais vibração nas ruas, a vida canta, os ânimos se roboram, o homem trabalha mais e melhor, os filhos ganham presentes. Há beijos nas praças e nos jardins, porque a alma está em paz, está feliz. O Flamengo não pode perder, não deve perder. Sua derrota frustra, entristece, humilha e abate.

A saúde pública, a higiene nacional exigem que o Flamengo vença, para bem de todos, para felicidade geral, para o bem-estar nacional”

 

 

SAUDAÇÕES RUBRO NEGRAS!

 

MENGÃO SEMPRE!



Canal no Telegram: Clique aqui e faça parte do nosso canal para receber todas as notícias em primeira mão.