Paquetá parabeniza companheiro de Flamengo e fala em levar aprendizado para a Itália

Paquetá parabeniza companheiro de Flamengo e fala em levar aprendizado para a Itália

A temporada do Flamengo, como um todo, ficou aquém do que a torcida esperava: o bom desempenho não se traduziu em conquistas, e o clube ficou o ano inteiro sem soltar o grito de campeão. No entanto, a campanha que culminou com o vice do Campeonato Brasileiro apresentou alguns destaques na equipe carioca, como o meia Lucas Paquetá e o lateral esquerdo Renê, prestigiados na premiação da Bola de Prata. Em entrevista na última segunda-feira (03), o jovem fez questão de rasgar elogios ao defensor.

O camisa 11, que se despediu do Flamengo no último confronto da temporada, contra o Atlético-PR, exaltou o rendimento de Renê durante a temporada rubro-negra, ressaltando o poder de marcação do lateral, seu principal fundamento dentro das quatro linhas: “Sem dúvida, uma excelente temporada. O Renê é um cara muito importante no nosso elenco, o poder de marcação dele é indiscutível, e sempre chegando pra apoiar com muita qualidade. Parabenizo ele pelo grande ano que teve.”

O próximo desafio que Paquetá precisará encarar dentro de campo já será com a camisa do Milan, da Itália, que garantiu a compra do jogador de 21 anos. Perguntado sobre o que levará de mais importante dos tempos de Flamengo para a Europa, o atleta disse que as coisas que aprendeu enquanto atuou no futebol brasileiro irão com ele para o novo desafio: “Todo o aprendizado que eu tive durante todos esses anos, principalmente no profissional, eu vou levar comigo. É melhorar cada vez mais meu futebol, pra ajudar o Milan a chegar no lugar em que sempre esteve.”

Agora, os jogadores do Flamengo se reapresentam apenas nos primeiros dias de janeiro. No dia 10, a equipe entra em campo pela primeira vez na temporada que se inicia, contra o Ajax, da Holanda, pela Florida Cup, torneio de pré-temporada. Neste sábado (08), o Rubro-Negro terá um novo presidente eleito, para o triênio 2019-2021. Ricardo Lomba, atual vice-presidente de futebol, Rodolfo Landim, Marcelo Vargas e José Peruano concorrem ao cargo.