Vasco pode ser punido se escalar Talles Magno sem aval da CBF contra o Flamengo

Vasco pode ser punido se escalar Talles Magno sem aval da CBF contra o Flamengo
Gazeta Press

O técnico Vanderlei Luxemburgo pediu, e a diretoria do Vasco decidiu não liberar o atacante Talles Magno para os amistosos que a Seleção Brasileira sub-17 vai disputar esta semana. O jogador recebeu a ordem de permanecer no Rio de Janeiro e se preparar com o plantel para o clássico do próximo sábado (17 de agosto), às 19h, contra o Flamengo no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela 15ª rodada do Brasileirão.

Os amistosos são tratados como importantes para a CBF por ser preparação para o Mundial Sub-17, que será disputado em outubro no Brasil. Desde que Rogério Caboclo assumiu a entidade e o ex-lateral Branco virou o diretor das categorias de base, a CBF não atende mais as solicitações dos clubes para liberar atletas.

O Vasco vê a necessidade de usar Talles Magno pois Marrony foi expulso na vitória de 1 a 0 sobre o Goiás, no fim de semana, e não tem condições de jogar o clássico, assim como Rossi, que permanece de fora por estar se recuperando de uma cirurgia de apendicite. Além deles, Vanderlei Luxemburgo não terá o volante Marcos Junior, que cumpre suspensão por acúmulo de cartões amarelos.

Para não liberar o jogador, o Vasco alega que não se trata de uma data da Fifa. A CBF segue irredutível e caso o jogador seja utilizado sem a liberação a entidade vai pedir a perda de pontos da partida, por uso irregular de Talles Magno, além de cobrar o pagamento de uma multa.

Enquanto não há uma definição, Vanderlei segue trabalhando o time. O esboço da escalação deverá começar a ser definido a partir do treino desta quinta-feira (15), previsto para a parte da tarde no Centro de Treinamento do Almirante.

Saiba mais!

Balotelli fica mais distante do Flamengo. Entenda os motivos

Caso Neymar: PSG pede Vini Jr e Real responde na lata

Veja como Dani Alves e Juanfran podem jogar no São Paulo

Crédito da foto: Rener Pinheiro / MoWA Press