Flamengo  RJ
menu
search
O BANQUETE DOS MENDIGOS
01 de dezembro de 2021 às 12:18h
Por Ricardo Perez
O BANQUETE DOS MENDIGOS

Os fãs dos Rolling Stones podem achar que eu, desgostoso com o atraso que vai haver para a comemoração do nosso Tri da Libertadores, decidi escrever uma coluna sobre música e falar sobre um famoso álbum do maior conjunto de Rock da história. Mas não é isso! A imagem é meramente ilustrativa. Vou falar mesmo é sobre um OUTRO “Banquete de Mendigos”, que vem acontecendo desde o último Sábado.

 

 A festa promovida pelas ruas vizinhas de onde moro, ao apito final da partida, foi tamanha, que fez minha mulher correr para nossa sala de TV, perguntando se havíamos empatado novamente. Comportamento medíocre da parte deles? Sem dúvida, mas absolutamente compreensível.

 

Sim, compreendo perfeitamente a satisfação desse pessoal, pelo fato de não termos atingido o que é absolutamente inatingível para todos eles, coitados! Os encaro como um Bando de Mendigos se regozijando, ao descobrirem, pelo porteiro da rua em frente onde chafurdam no lixo, que a piscina da Cobertura da Delfim Moreira (metro quadrado mais caro do país) deu um vazamento.

 

Parecem nem se dar conta de que rapidamente esse vazamento vai ser consertado e o dono da cobertura voltará a tomar seu banho de piscina olhando para o mar, enquanto eles continuarão a revolver lixo para sobreviverem.

 

Talvez não tenham a compreensão que, embora não tenhamos chegado ao título, sentimos o Orgulho, a Emoção, a Expectativa, de estarmos em uma Final da principal competição do Continente. E isso só quem vive são os MAIORES.
 

E QUANTO A ELES???
Alguns se mostram encravados na 2ª Divisão, outros em festa por terem conseguido sair dela, e há ainda aqueles que estão simplesmente comemorando não voltar pra ela.

Honestamente, deveriam ter mais respeito com o atual BI CAMPEÃO Brasileiro.
Detalhe: Da PRIMEIRA DIVISÃO!

 

É verdade, a perda do título da Libertadores prejudicou nosso planejamento financeiro, abalou psicologicamente nosso grupo, gerou insatisfação da torcida, e possibilitou manifestações OPORTUNISTAS de Dirigentes da oposição, mas não tinha como ser diferente.

 

Ainda está doendo, e MUITO, claro! Como não estar?
Fora o ENORME prejuízo financeiro, o abalo psicológico foi gigantesco. Seja no nosso vestiário ou na nossa torcida.
Eu, particularmente, já risquei temporariamente da minha programação diária as Resenhas Esportivas (vou assistir pra ficar ouvindo falarem que “Meu Filho é Feio”?) e iniciei um novo período de imersão nos temas “Alienígenas do Passado”, “Cesar Milan, Encantador de cães”, “May Day, Desastres Aéreos”, “Trato Feito” etc.

 

Mas não tenham dúvidas que essa dor vai passar, na medida em que voltemos a conquistar os títulos, o que não vai demorar a acontecer. Especialmente com esse comportamento demonstrado pela nossa torcida no jogo de ontem, durante o qual a maioria absoluta dos quase 50 mil presentes fez questão de demonstrar seu apoio.

 

E é exatamente isso que os demais 41.950.000 de nós devem fazer. Afinal, nosso histórico recente nos dá TODOS os motivos para isso. Se duas finais de Libertadores nos últimos três anos, dois títulos e dois vices em Brasileiros, nos últimos quatro, já deixam bastante claro que estamos EM OUTRO PATAMAR, basta apenas um pouquinho de paciência para voltarmos a soltar um grito de Campeão, ao qual temos estado TÃO habituados a soltar.

E sabem o porquê de eu ter TANTA certeza de que isso vai acontecer? Porque, logo após o jogo terminar, e enquanto os “Mendigos” ainda gargalhavam com a nossa dor, concomitantemente, já se ouvia a resposta da nossa torcida para eles, com uma infinidade de gritos ainda mais fortes do que os deles:
- MENGÔÔÔÔÔÔÔÔÔ !!!
E com o retorno dela para os estádios, e esse apoio incondicional, eles que nos aguardem!

PRA CIMA DELES, MENGÃO !!!

Escrito por Ricardo Perez

Comentários