Flamengo  RJ
menu
search
O PRIMEIRO DEGRAU DA FASE MATA-MATA
29 de junho de 2022 às 09:06h
Por Ricardo Perez
O PRIMEIRO DEGRAU DA FASE MATA-MATA

Conheço diversos rubronegros que comemoraram o fato do Tolima ter sido sorteado como nosso adversário nas Oitavas. Mas, embora tenha consciência que em Libertadores isso seja apenas um detalhe, acho que esse sorteio não nos foi tão favorável assim.

O Tolima acabou de perder um BI Nacional nos acréscimos, o que não é pouco. Não é mais aquele Timinho que expôs o “Curintia” ao ridículo. É uma equipe forte, que se utiliza da imposição física na marcação, seus alas (os dois) são muito rápidos e tem um 9 (Caicedo) que é muito bom cabeceador?


Estão desgastados pela sequência de partidas, o que foi agravado pela Decisão que jogaram neste final de semana?
Sem dúvida, mas, em matéria de desgaste por sequência de partidas, é difícil nos superar. Fora a insana dificuldade para se chegar nessa cidade, o que só conseguimos na NOITE de ontem.

 

O abalo psicológico da derrota deles na Final pode jogar a nosso favor?
Pode, da mesma forma que pode ter efeito contrário e fazê-los se dedicar ainda mais nesta outra competição.

Têm desfalques importantes para essa partida?  
Sim, mas os nossos são bem maiores e ainda estaremos rezando para que nenhum outro apareça, depois dos exames de Covid que serão feitos hoje antes da partida.

 

Diante do exposto, fica claro que não pegamos nenhuma Baba, não é mesmo?
Que nosso time é mais forte tecnicamente, isso nem se discute. Mas a gente sabe que, em Libertadores, isso nem sempre é o bastante.

Me tranquiliza um pouco o fato de saber que esta fase já é monitorada pelo VAR, o que nos protege (em parte) dos costumeiros “Juízes Caseiros”, que a Conmebol costuma escalar nos jogos em que participam equipes brasileiras. Por sinal, foi um desses quem tirou nosso treinador da partida de hoje, o expulsando quando ainda era treinador do Ceará, pela Sulamericana.

 

Também é animador o fato de sabermos que nosso elenco é recheado de jogadores com experiência em Libertadores, o que costuma diminuir a incidência de se reagir a provocações, que certamente acontecerão. E o nosso novo treinador, Macaco Velho na matéria, certamente está ciente que essa nossa equipe passa LONGE de saber jogar só se defendendo.

 

Enfim, é jogo de Libertadores, com todas as dificuldades que sabemos que ela nos impõe, o que não nos dá margem para desperdício de oportunidades, como aconteceu, em ENORME quantidade, no jogo passado.  

 

Precisamos é manter a cabeça no lugar e jogar buscando a vitória, como SEMPRE foi característica desse grupo, independentemente de onde, e contra quem, jogássemos.

A próxima janela européia está próxima de ser aberta, tudo indica que traremos GRANDES reforços, o que, passando por essa fase, nos deixará ainda mais fortes e com chances reais de conquistar esse Tri, que já esteve tão perto.

 

PRA CIMA DELES, MENGÃO !!!

Escrito por Ricardo Perez

Comentários