Flamengo  RJ
menu
search
O PRIMEIRO “JOGO DO ANO” EM 2021
29 de setembro de 2021 às 11:32h
Por Ricardo Perez
O PRIMEIRO “JOGO DO ANO” EM 2021

Agora, que a gente já sabe quem vai ser o adversário da Final, a ansiedade se torna maior ainda. Sim, pode não ser garantia de nada, mas nosso histórico recente com o Palmeiras é bastante promissor e isso certamente influenciará no aspecto psicológico de seus jogadores, quando nos virem do outro lado do campo.

 

É só daqui a praticamente dois meses e muitas coisas se modificam em um período tão longo, é claro. Mas a mídia vai passar todo esse tempo badalando o confronto, nos tratando como favoritos (pelo histórico recente e pela diferença de qualidade no elenco), e a gente NÃO PODE cometer o erro de acreditar nesse tipo de previsões. A decisão será contra o atual Campeão da competição e em jogo único, o que torna qualquer resultado possível.

 

Mais ainda pelo fato de serem duas equipes que jogam de maneiras absolutamente diferentes. O estilo chamado “reativo” na forma de jogar deles, pode ser bastante perigoso para nós, na medida em que nos posicionamos com linhas altas e eles possuem um contra ataque de muita velocidade e qualidade.

 

E, por falar em “Jogos Perigosos”, é bom lembrar que hoje temos um jogo MUITÍSSIMO perigoso. Ao contrário do que tenho ouvido de MUITOS comentaristas profissionais, que afirmam “já estarmos na final”, não tem NADA decidido ainda. Isso é uma armadilha, não caiam nessa.

 

Inclusive, se observarmos os comentaristas que estão fazendo esse tipo de afirmação, vamos ter certeza que, na realidade, todos esses estarão torcendo fervorosamente contra nós. Ou são palmeirenses (morrendo de medo de nos encarar novamente) ou torcedores de outros clubes paulistas, que vêm sendo seguidamente humilhados por nós nos últimos anos.

 

O jogo de hoje é na casa deles, com torcida presente, e, pelo que vimos no jogo daqui, eles jogam na base da imposição física e não se intimidam com a nossa indiscutível superioridade técnica. Mesmo com 10, vieram pra cima da gente e por pouco não conseguiram o golzinho que buscavam.

 

É EVIDENTE que nossa vantagem é bastante significativa e que a obrigação deles saírem para buscar o resultado certamente nos propiciará os espaços que nos torna a equipe MAIS LETAL do Continente Americano. Mas, em futebol, tudo é possível e, em um jogo dessa importância, não dá pra desconcentrar um segundo sequer.

 

Nosso time SOBRA em matéria de experiência, sem dúvida, e essa é uma característica que deve nos transmitir MUITA confiança. Mas desconfio do desejo da Conmebol ver uma nova final entre brasileiros, da interpretação de juízes em bolas na mão dentro da área e do rigor na marcação das faltas (contra e a favor).

 

Vamos precisar jogar com inteligência. Segurando a pressão inicial, esfriando o jogo, não caindo em provocações que podem acabar nos desfalcando para a final, não cometendo faltas desnecessárias na nossa intermediária (ele são bons no jogo aéreo e cobram todas elas na nossa área) e NÃO desperdiçando jogadas importantes, tentando simular faltas. Juízes de Libertadores NÃO costumam cair nesse tipo de “malandragem”.

 

É o jogo MAIS importante de 2021 até agora. Vale vaga em uma FINAL de Libertadores, além de garantir algumas dezenas de milhões de Reais em nossa conta. Não somos considerados o Time Mais Forte das Américas? Pois chegou o dia de jogarmos como tal e trazermos essa classificação.

 

PRA CIMA DELES, MENGÃO !!!

PS: Público liberado no Brasileiro !!!
Passamos de DURAMENTE Criticados por TODOS (mídia e Dirigentes de clubes) a EXEMPLO a ser seguido (DE NOVO), em pouco mais de uma semana.
Isso não é INCRÍVEL ???
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Escrito por Ricardo Perez

Comentários