Flamengo  RJ
menu
search
UMA REALIDADE BASTANTE DIFERENTE DO PASSADO
20 de outubro de 2021 às 09:55h
Por Ricardo Perez
UMA REALIDADE BASTANTE DIFERENTE DO PASSADO

É verdade, houve uma época em que poucos de nós conseguíamos um sono tranquilo, na véspera de um confronto como o de hoje.
Só que a realidade agora é completamente diferente, a ponto de qualquer resultado diferente de uma vitória contra esses sintéticos paranaenses, certamente decepcionar a grande maioria dos nossos torcedores.

 

É evidente que o confronto não pode ser considerado uma “Barbada”, mas, atualmente, não há termo de comparação no que se refere a capacidade técnica dos dois elencos, apesar deles já estarem estabelecidos na elite do futebol brasileiro e merecerem todo o nosso respeito.

 

Agora, é uma Semi Final de Copa do Brasil e vai exigir A MÁXIMA seriedade e dedicação da nossa parte. Especialmente porque o jogo de hoje é a “Bala na Agulha” que eles possuem. Por mais pretensiosos que sejam, não se imaginam nos vencendo na semana que vem, em pleno Maracanã e diante da nossa torcida.
Vão tentar buscar o resultado hoje, esperando segurá-lo na semana que vem. Aliás, vêm se poupando nas últimas rodadas do Brasileiro, visando exatamente essa partida.


Fora o fato de, ao contrário do que haviam decidido, poderem contar com o apoio de sua torcida ocupando metade do estádio.
Isso sinaliza que enfrentaremos pressão?
Sim, e isso é ÓTIMO !!!
Por mais paradoxal que isso possa parecer, essa pressão, muito provavelmente, vai jogar a nosso favor.

 

Nenhuma equipe pressionada por sua torcida joga com os 11 dentro de sua própria área, como aquele Covarde time de Várzea que enfrentamos no Domingo. Pressão de torcida implica em sair para o jogo, dar espaço, e isso é TUDO que a nossa equipe precisa para desenvolver todo seu potencial.

 

É jogo GRANDE, decisivo, e o que não nos falta são jogadores experientes, cascudos, habituados a esse tipo de confronto. Temos desfalques, é verdade, mas eles também têm e nossa capacidade de reposição é infinitamente superior a deles.

 

Como não existe mais o Gol Qualificado nessa competição, basta termos paciência, equilíbrio (nada de ceder a provocações), esperar a previsível pressão inicial ceder e passar a expor aquele futebol que encanta até torcedores de times adversários.

 

Se cada um jogar aquilo que SABEMOS que são capazes, dá até pra resolver essa parada hoje e poupar os mais desgastados no jogo da semana que vem.
Sendo assim ...

 

PRA CIMA DELES, MENGÃO !!!

 

Escrito por Ricardo Perez

Comentários