Flamengo  RJ
menu
search

Após interesse do Flamengo, Palmeiras e Atlético-MG monitoram situação de Everton Cebolinha

21 de janeiro de 2022 às 17:48h
Após interesse do Flamengo, Palmeiras e Atlético-MG monitoram situação de Everton Cebolinha

Benfica pretende recuperar parte do alto investimento feito pelo brasileiro, em 2020

Não é só o Flamengo que sofre com carências no setor ofensivo para 2022. O Palmeiras, rival direto na busca pelos principais títulos da temporada, também lida com o futuro incerto entre poucas opções do atual elenco. Por isso, o Alviverde decidiu seguir caminhos rubro-negros e monitorar a situação de Everton Cebolinha – atualmente no Benfica, de Portugal.

Assim como o Flamengo, Palmeiras e Atlético-MG também se enfraqueceram no setor ofensivo em relação ao ano de 2021. A insatisfação de Cebolinha no Benfica, somado ao desejo do atleta de, possivelmente, chegar à Copa do Mundo, fez com que os principais times brasileiros da atualidade considerassem um retorno ao futebol nacional, a fim de suprir as ausências em cada equipe.

O Palmeiras, por exemplo, rejeitou o pedido de Luiz Adriano para ser reintegrado ao plantel – além disso, o atleta está em negociação com o Botafogo – e ainda tem a situação de Deyverson, com poucos meses de contrato. Enquanto o Atlético-MG já se despediu de Diego Costa nesta janela.

Cabe pontuar, no entanto, que o estilo de Everton, que não é um atacante de área, se encaixa mais nas carências do Flamengo para temporada 2022. O Rubro-Negro se despediu prematuramente de Kenedy, que retornou ao Chelsea, e deve perder Michael para o Al-Hilal nos próximos dias. Além dos dois nomes, Vitor Gabriel também se transferiu do Rio de Janeiro para o Juventude.

Ainda de acordo com o portal ‘Bola Vip’, o atleta foi procurado pelo Palmeiras após os interesses de Flamengo e Atlético-MG – equipes tidas como favoritas no cenário nacional para a próxima temporada. Contudo, a negociação por Everton Cebolinha não é tão fácil como se espera. O Benfica pretende recuperar boa parte do investimento feito para tê-lo, em 2020 (quando investiu cerca de 20 milhões de euros).

Publicado em colunadofla.com