Flamengo  RJ
menu
search

Com saída de Kenedy, Flamengo reduz opções para ‘os lados’ do campo

13 de janeiro de 2022 às 22:16h
Com saída de Kenedy, Flamengo reduz opções para ‘os lados’ do campo

Diretoria rubro-negra pode ir ao mercado em busca de reposição para o setor 

Por: Patrick Alves

Na tarde da última quarta-feira (12), a saída de Kenedy pegou todos no Flamengo de surpresa. Como informou a reportagem do Coluna do Fla, e logo em seguida o clube confirmou, o atleta teve o retorno solicitado pelo Chelsea. Com o fim do empréstimo do atacante, o Mengo teve o número de opções para os lados do campo reduzidos.

Considerando atletas com características de atuar como ‘pontas’, apenas Michael e Vitinho se encaixam nesse perfil. Este último, no entanto, foi utilizado por dentro em algumas ocasiões. Bruno Henrique também pode ocupar o setor, porém, é mais letal perto da área, jogando próximo de Gabigol. Arrascaeta e Everton Ribeiro podem fazer o corredor lateral, mas são meias, e normalmente flutuam pelo centro do terreno – não são jogadores de velocidade no ‘um contra um’.

Por isso, a saída de Kenedy pode fazer com que a diretoria do Mengo vá ao mercado em busca de um jogador com essas características. O venezuelano Soteldo foi especulado no Rubro-Negro, mas não há proposta até o momento. Com a proximidade do início das competições, o Fla precisa correr contra o tempo para achar um atleta que se encaixe nas características pedidas por Paulo Sousa – outra opção seria subir algum jovem da base para compor o elenco principal.

Se há falta de opções nos lados do campo, o comando de ataque, por sua vez, possui qualidade em ‘excesso’. Gabigol e Pedro são dois dos melhores avançados do continente e qualificam o time do Fla – ambos podem atuar juntos com Paulo Sousa, conforme disse o treinador. Além disso, Bruno Henrique é um jogador versátil e atua com facilidade em diferentes funções no setor.

Realizando uma pré-temporada maior neste início de ano, o Fla terá com Paulo Sousa tempo para que o português trabalhe com os jogadores e coloque suas ideias na equipe. O grupo principal do Mengo não disputará as primeiras rodadas do Carioca e, por isso, a expectativa é de que o comandante possa extrair o melhor de cada jogador, para que atuem no seu máximo potencial.

Publicado em colunadofla.com