Flamengo  RJ
menu
search

Flamengo adota tecnologia pioneira para recuperação de atletas

20 de janeiro de 2022 às 11:16h
Flamengo adota tecnologia pioneira para recuperação de atletas

Fisioterapeuta explicou sobre o novo aparelho e detalhou o funcionamento

O Flamengo está realizando altos investimentos em tecnologia no CT Ninho do Urubu. Além do Wimu, uma espécie de GPS, o clube carioca utiliza de uma tecnologia de realidade virtual, que pode ser utilizada para agilizar a recuperação dos atletas.

O aparelho se chama ‘Rezzil’ e é uma plataforma de desempenho cognitivo para medir a capacidade dos jogadores. Através da realidade virtual é possível simular situações de jogo e, com isso, os atletas ‘agilizam’ o processo de transição. O fisioterapeuta Márcio Puglia detalhou sobre a nova tecnologia.

— Essa é uma tecnologia de realidade virtual. O Flamengo é o primeiro clube a implantar isso no futebol. Vai ser cada vez mais comum no esporte. A ferramenta pode ser utilizada para recuperação dos atletas e na fase de transição. Clubes europeus, como o Arsenal e o Manchester – antes de continuar:

— O interessante da plataforma é que eu consigo colocar o meu atleta dentro de uma realidade do futebol de uma forma precoce. O atleta que está voltando de lesão, que está na transição, eu consigo antecipar a fase e colocar ele dentro da realidade do jogo de futebol. Tem situações de pressão do jogo, vai ter que receber a bola e dividir a bola, vai ter que finalizar. Ele vai estar envolvido dentro do gestual esportivo, mas em um ambiente controlado – finalizou em entrevista à FlaTV.

Em meio a isso, o Flamengo inova as estrutura do Ninho do Urubu e caminha para ser um dos clubes com mais tecnologia nos centros de treinamento. Como dito pelo próprio fisioterapeuta, o clube carioca é o primeiro a implementar o Rezzil na rotina do futebol profissional no Brasil.

Publicado em colunadofla.com