Flamengo  RJ
menu
search

“Melhor profissão do mundo é ser jogador do Flamengo”, desabafa jornalista após derrota rubro-negra

23 de junho de 2022 às 12:20h
“Melhor profissão do mundo é ser jogador do Flamengo”, desabafa jornalista após derrota rubro-negra

Time carioca perde pela segunda vez seguida para o Atlético-MG e gera revolta nos torcedores

O Flamengo vem recebendo muitas críticas por conta das atuações do time. Não à toa, no início de junho, Paulo Sousa foi demitido. Porém, Dorival Júnior não tem conseguido fazer a equipe evoluir e, até então, perdeu três partidas e venceu somente uma. Por isso, Simon Lédo desabafou após revés por 2 a 1 para o Atlético-MG, nessa quarta-feira (22), pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

A melhor profissão do mundo, hoje, é ser jogador do Flamengo. Você treina pouco, joga pouco, viaja bastante, passeia, fica em hotel bom, fica sempre em hotel caro. Se tem uma festinha entre uma viagem importante, você pode jogar, voltar para casa, comemorar aniversário com amigos, grupinhos de pagode… Mesmo que perca, a festa está garantida. Tem festa até no Maracanã -, disse o comentarista.


O jornalista, ainda, relembrou dos políticos que foram ao Maracanã, na vitória por 2 a 0 sobre o Cuiabá, pelo Brasileirão. Eles entraram, inclusive, no vestiário do estádio a convite de Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Fla, que recebeu apoio de 120 conselheiros através de carta, assim como o presidente Rodolfo Landim. Por isso, o Simon Lédo apontou que ser da diretoria rubro-negra, talvez, seja tão bom quanto ser atleta, por conta dos benefícios.

Dá para levar amigo (ao Maracanã), dá para levar político também, a diretoria faz isso. Eu estou chegando à conclusão de que não só jogador do Flamengo, mas ser diretor do Flamengo também é ótimo. Só tem benefício. Pressão da torcida? Pra que? Não existe. A gente vive em um mundo paralelo. Jogador aqui, festa, sorrisinho, acabou o jogo, quem sofre? Ah, não. Aí deixa para os 45 milhões. Os “donos” do Flamengo não precisam sofrer. Os “120”, os que se acham “donos”, esses não sofrem. Quem sofre, é você, sou eu, e os outros que são feitos de palhaços por essa galera aí -, concluiu.

ASSISTA À OPINIÃO NA ÍNTEGRA:

Em meio as regalias no clube, o elenco, agora, busca a segunda vitória sob o comando de Dorival Júnior. O Flamengo enfrenta o América-MG, às 19h (horário de Brasília) de sábado (25). Este embate será disputado no Maracanã, válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Publicado em colunadofla.com