Flamengo  RJ
menu
search

“Se perder, não dá para achar que foi tragédia”: Braz fala sobre Libertadores e projeta final da temporada

24 de novembro de 2021 às 15:30h
“Se perder, não dá para achar que foi tragédia”: Braz fala sobre Libertadores e projeta final da temporada

Às vésperas da decisão continental, dirigente analisa briga pelo título e projeta final de 2021

No próximo sábado (27), o Flamengo vai entrar em campo pelo compromisso mais importante do ano: a final da Copa Libertadores. E já pensando na decisão do torneio continental e, consequentemente, no fim da temporada, o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, abriu o jogo sobre o tema.

É o tamanho do peso de uma Libertadores. Quando se coloca em questão essa competição, ela tem todo um tamanho, uma engrenagem. O departamento de futebol precisa de ajustes, independente de título. É sempre necessário avaliar se não poderia ter feito melhor, tomado decisões melhores para ter mais brilhantismo. Se ganharmos, será uma temporada muito boa, acima da média. Se perder, não dá para achar que tudo foi uma tragédia -, disse, em entrevista ao GE.

Vale destacar que, assim que Renato Gaúcho assumiu o Flamengo, o clube brigava por título nas três competições que disputava: Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores. No mata-mata nacional, a equipe de Portaluppi foi eliminado pelo Athletico-PR na semifinal e, no Brasileirão, após o empate com o Grêmio na última terça-feira (23), as chances de troféu são praticamente nulas. Resta então, apenas, a decisão do torneio continental para a temporada de um time milionário.

Apesar da declaração de Marcos Braz, o pensamento da torcida do Flamengo é bem diferente. O tropeço contra o Grêmio, que deu adeus à esperança que a Nação ainda depositava no Brasileirão, mesmo com todas as adversidades, aumentou ainda mais o peso da Libertadores, visto como um ‘obrigação e salvação’ da temporada.

Em busca do único título possível em 2021, o Flamengo volta a campo no sábado (27), para enfrentar o Palmeiras. Rumo à Glória Eterna, o Mengo já desembarcou no Uruguai e iniciou o planejamento para a finalíssima. A bola vai rolar para cariocas e paulistas no Estádio Centenário, às 17h (horário de Brasília).

Publicado em colunadofla.com