• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Ex-jogador coloca Vasco de 1998 acima do Flamengo comandado por Jesus: “O elenco era melhor”

Multicampeão pelo Flamengo na temporada de 2019 e começo de 2020, Jorge Jesus conquistou a idolatria dos torcedores rubro-negros. No Brasileirão, o Mais Querido bateu recordes de pontuação na era dos pontos corridos. Entretanto, para Pedrinho, ex-jogador do Vasco e atualmente comentarista do Grupo Globo, o elenco do cruzmaltino de 1998 era melhor, e que se fosse treinado pelo português, aquele time poderia render bem mais.

Ganhe dinheiro com capinhas e acessórios do Mengão!

— Se o Jorge Jesus treinasse o Vasco de 1997/1998, com o conhecimento tático e técnico que não tínhamos naquela época, ele potencializaria nosso jogo. Aquela época, tirando o Luxemburgo, os treinadores tinha uma capacidade muito maior de organizar o time defensivamente e a parte ofensiva dependia de um jogo intuitivo. Hoje, a gente percebe que os treinadores com essência mais ofensiva, como o Jorge Jesus, ele cria mecanismos para os atletas, cria jogadas, oportunidades. Assim, o atleta teria os mecanismos e a criatividade. Eu acho que o elenco do Vasco era melhor.

Em 2019, sob o comando do Mister, o Flamengo conquistou a Copa Libertadores após 38 anos de jejum, o Campeonato Brasileiro com uma campanha histórica e ficou com o vice no Mundial de Clubes, perdendo para o Liverpool por 1 a 0. Neste ano, em apenas três meses, o Rubro-Negro já levantou os troféus da Recopa Sul-Americana, Supercopa do Brasil e Taça Guanabara.

Publicado em colunadofla.com.