Ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira é indiciado por homicídio doloso em incêndio no Ninho do Urubu

Ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira é indiciado por homicídio doloso em incêndio no Ninho do Urubu

O ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello foi indiciado pela Polícia Civil por homicídio doloso pela morte de dez jogadores das categorias de base do clube, que faleceram por conta do incêndio no CT Ninho do Urubu. A tragédia aconteceu no dia 8 de fevereiro deste ano. Além de Bandeira, outras sete pessoas também foram acusadas.

Mais informações em instantes.*