• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Análise: A Copa do Brasil é realmente o caminho mais fácil para a Libertadores?

Nos últimos nos, a discussão sobre a Copa do Brasil ser ou não ser o caminho​ mais fácil para a ​Libertadores tem tomado proporções maiores do que era esperado em relação ao assunto. Comparado ao Campeonato Brasileiro, de fato a competição de mata-mata pode ser considerada o caminho mais curto para o campeonato mais importante do continente, mas dificilmente será o mais fácil. Confira abaixo. 

​​Que a Copa do Brasil é, teoricamente, um caminho mais curto para a​ Libertadores, é fato. Em comparação com o Campeonato Brasileiro, são meses a menos de competição, e uma enorme quantidade de jogos a menos. Afinal, o Brasileirão tem ao todo 38 rodadas, enquanto a Copa do Brasil tem oito jogos decisivos, contando das oitavas de final em diante. Uma matemática simples comprova o motivo de ser o caminho mais curto. 

No entanto, dizer que por ser o caminho mais curto, ela se torna o mais fácil, pode ser um equívoco enorme quando analisado mais a fundo. Por serem jogos de mata-mata, os jogos da Copa do Brasil exigem um nível altíssimo de concentração e estratégias próprias para levantarem o caneco, até porque um erro pode custar uma eliminação ou perda de título. 

Diferentemente do que acontece no Campeonato Brasileiro, em que um time normalmente pode seguir uma estratégia de jogo linear, na Copa a estratégia tem que se adaptar ao jogo, levando em consideração o estilo do adversário, o local da partida e é claro, se possível, carregar o regulamento em jogo do braço. 

Palmeiras v Santo Andre - Brazil Cup

Enquanto o Campeonato Brasileiro lhe permite errar por ser uma competição mais longa, o outro campeonato nacional do Brasil não dá essas chances aos seus postulantes, podendo ser analisado analogamente a um jogo de xadrez. Qualquer deslize, pode ser Xeque-Mate. 

E justamente por isso, conhecer bem o seu adversário e ser um bom estrategista ao escolher jogar recuado ou não, escolher peças pontuais em determinadas áreas do campo ou se permitir não vencer um jogo fora de casa, é fundamental para o sucesso nessa competição. 

Além disso, em alguns casos, como neste ano, o Brasileirão por abrir oito vagas para a Libertadores, ou até nove, sendo muito otimista. Ou seja, quase metade da competição irá para a Libertadores através dele. Diferentemente da Copa do Brasil, em que há uma verdadeira guerra por apenas uma singela vaga. 

Portanto, dizer que a Copa do Brasil é um caminho fácil para a Libertadores é um completo equívoco, por mais que ela seja de fato mais curta do que o Brasileirão. Obviamente, quando a discussão se passa por qual título é mais difícil de se vencer, as coisas podem mudar, mas nesse caso, ir para a Libertadores através da Copa do Brasil é, até matematicamente, mais difícil do que através do Campeonato Brasileiro. 

Publicado em www.90min.com.