Após dirigentes do Fla viajarem à Europa, comentarista destrincha negociação com Balotelli

Após dirigentes do Fla viajarem à Europa, comentarista destrincha negociação com Balotelli

O dirigentes Marcos Braz e Bruno Spindel, do Flamengo, estão a caminho da Itália, na noite desta segunda-feira (12), para negociarem a contratação do atacante italiano Mario Balotelli, conforme apurado pela reportagem do Coluna do Fla. Por se tratar de um jogador controverso, dentro e fora das quatro linhas, a presença da cúpula de futebol rubro-negra na Europa é vista como fundamental no processo.

No programa #Resenha, do canal Coluna do Fla, no YouTube, a chegada de Balotelli foi amplamente debatida. O comentarista Fabricio Chicca destrinchou etapas de como se dá uma negociação com jogadores desse calibre:

No imaginário do torcedor, quando falamos em ‘negociação’, o torcedor ouve ‘contratação’. Mas na verdade é uma negociação mesmo, você chega com um contrato, você coloca uma cláusula com proteção à imagem do clube, outra cláusula de performance, com número mínimo de jogos. Vamos imaginar que o Flamengo tenha acertado os valores de salário e o Balotelli esteja contente com isso. Aí você tem uma segunda negociação. tem detalhes, análise de advogados cláusula por cláusula -, explicou.

Para Chicca, é preciso equilíbrio para dimensionar o que representa a chegada de Balotelli ao Flamengo e ao futebol brasileiro. A contrapartida, representada pelos riscos de um jogador polêmico, deve ser não apenas colocada na mesaa, mas prevista em contrato como forma de proteger a instituição.

O fato é que se o Flamengo estivesse contratando um jogador cujo histórico da carreira fosse sem nenhum problema, nenhuma mácula, o risco seria menor, o contrato talvez fosse mais simples. O Balotelli será o jogador mais caro do futebol brasileiro e que pode mudar o posicionamento internacional do Flamengo, mas é alto risco, então tem que ter uma proteção, sim -, finalizou.

Mario Balotelli completou, nesta segunda-feira, 29 anos e está sem clube, desde que deixou o Olympique de Marselha. Ele tem passagens pela seleção italiana e por grandes clubes europeus, como Internazionale de Milão e Milan, da Itália, Manchester City e Liverpool, da Inglaterra e Nice, da França.

 

ASSISTA AO PROGRAMA NA ÍNTEGRA:



Canal no Telegram: Clique aqui e faça parte do nosso canal para receber todas as notícias em primeira mão.