• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Apresentador sai em defesa de Jorge Jesus e relembra declaração de Renato Gaúcho

O Flamengo venceu por 3 a 2 o Fluminense, na última quarta-feira (12), mas o resultado ficou em segundo plano. Isso porque, na entrevista coletiva pós-jogo, Jorge Jesus deu sua opinião quanto ao momento vivido pelo Rubro-Negro e voltou a minimizar a importância do Campeonato Carioca. A partir de então, muitas críticas foram feitas ao Mister, apontando-o como “soberbo“, “marrento“, dentro outros adjetivos. Mas nem todos enxergam dessa forma.

Assista à Recopa, entre Flamengo e Del Valle, DE GRAÇA, PELO CELULAR!

 O apresentador Benjamin Back, da FOX Sports, utilizou o seu perfil na rede social do Twitter para relembrar de uma declaração dada por Renato Gaúcho, no início de 2019, quando o mesmo dizia que o Grêmio tinha o melhor futebol do país. Benjamin publicou o vídeo e colocou na legenda os seguintes dizeres, em defesa do treinador do Flamengo: “Ah, se fosse o Jorge Jesus que tivesse dito isso“, colocando risos no final. Relembre a fala de Portaluppi:

A equipe do Grêmio pode ter oscilado em dois ou três jogos, mas quando voltarmos a parar de oscilar… O jogo mesmo contra o Santos, o jogo contra o Fluminense, que perdemos, foram duas exibições… Os primeiros 35 minutos contra o Fluminense então, foi uma aula de futebol. Eu respeito a opinião de todo mundo, mas a minha opinião, não é por ser treinador do Grêmio, o meu time é o melhor do Brasil, o meu time joga o melhor futebol do Brasil -, disse, antes de prosseguir:

Se as pessoas não concordam, eu respeito, mas tem que respeitar a minha opinião também. Os últimos dois anos e meio, o Grêmio conquistou seis títulos. O Grêmio não só conquista títulos, não só joga achando os gols, o Grêmio joga bonito sim. Agora,você não quer que todos os jogos o Grêmio vai jogar bem… O Grêmio vai oscilar -, encerrou.

Após a vitória sobre o Fluminense, Jorge Jesus disse o seguinte: “Como se fosse uma pré-época (pré-temporada) normal. Estamos fazendo desse campeonato nossos primeiros jogos. Essa competição para nosso adversário era muito importante chegar à final e poder ganhar um título de Carioca, mas a gente está em outro patamar, nossos títulos são outros”, afirmou, gerando polêmica nas redes sociais e nos programas esportivos.

O Flamengo, no entanto, se mantém distante do debate e foca no confronto com o Athletico-PR, no domingo (16), em partida válida pela decisão da Supercopa do Brasil. O jogo vai ser disputado no Mané Garrincha e terá início às 11h (horário de Brasília). Caso o duelo termine empatado no tempo regulamentar, o título será disputado nas cobranças de pênaltis.

Publicado em colunadofla.com.