Atlético de Madrid aceita vender Diego Costa para o Flamengo, mas coloca condição na negociação

Atlético de Madrid aceita vender Diego Costa para o Flamengo, mas coloca condição na negociação

O Flamengo voltou a tentar contratar Diego Costa, do Atlético de Madrid. Com a renovação de Gabigol difícil, o centroavante dos Colchoneros entrou novamente na pauta. A diretoria flamenguista já conversa com os representantes do artilheiro, que sempre demonstrou vontade de jogar um dia no ​Mengão e já revelou que não iria recusar se tivesse a oportunidade de defender o Rubro-Negro.

Diego Costa

O jornal inglês “​The Sun” noticiou que o Atlético de Madrid está propenso a vender o atacante na próxima janela de transferências e que aceita negociar com o Flamengo, mas coloca uma condição: o receber de 20 a 25 milhões de libras (R$ 109 milhões e R$ 137 milhões) para liberar o atleta de forma definitiva. Os valores são bastante elevados, mas o Fla acredita que a transferência pode sair com montante um pouco menor, em torno de 20 milhões de euros (R$ 93,4 milhões).

Na avaliação da diretoria carioca, Diego Costa seria uma contratação que mudaria o time ainda mais de patamar e chegaria com status de ídolo. Com 31 anos, o centroavante não tem muito mercado no futebol europeu atualmente, a possibilidade concreta é o futebol chinês; clubes asiáticos já sondaram a situação do jogador. No entanto, Diego acredita que ainda possa jogar em alto nível e não pensa em rumar para um time apenas pensando no dinheiro.

O camisa 9 já conversou com Filipe Luís e Diego Ribas sobre a possibilidade concreta de defender o Flamengo em 2020 e a negociação caminha positivamente. Apesar do entusiasmo, Costa sabe que será necessário diminuir os vencimentos salariais para jogar no futebol brasileiro e entrar na realidade financeira do Rubro-Negro. O Mengão estaria disposto a pagar mensalmente até R$ 1,5 milhão, valores próximos aos que Gabigol recebe atualmente. 



Canal no Telegram: Clique aqui e faça parte do nosso canal para receber todas as notícias em primeira mão.