Fábio Monken: “O “Fla-Darwin” e a lei da seleção natural!”

Fábio Monken: “O “Fla-Darwin” e a lei da seleção natural!”

Salve, Salve Nação Mais Linda do Mundo!

Mais um jogo, mais um recorde quebrado, mais um atropelamento dentro de campo, mais um tabu demolido, mais uma vitória, mais três pontos. Esse é o rolo compressor rubro-negro que fez mais uma nova velha vítima. De lambuja, derrubamos mais um técnico ou, melhor, abrimos mais uma vaga de trabalho. É o Flamengo com responsabilidade social, o famoso “Fla-Darwin” (seleção natural rules!) onde os mais fortes reinam os mais fracos fenecem.

Assim como no primeiro turno, no Maracanã, impusemos outro massacre na porcada. O Flamengo simplesmente obliterou as forças da peppas e aniquilou qualquer possibilidade de reação num jogo surreal onde apenas a torcida alviverde pode comparecer. No final, vimos também que apenas um time entrou em campo.

Aliás, esse é um ponto a ser seriamente considerado, pois escancara a falência da polícia do estado de SP. Quando o MP-SP recomenda que o jogo seja de torcida única, essa recomendação é chancelada pela PM-SP, acatada covardemente pela omissa CBF e ainda corroborada pela hipócrita diretoria palmeirense, vemos que essa confederação além de não entender bulhufas de futebol, ainda opera insistentemente para que o antigo esporte bretão seja demolido a passos largos.

Entendam: essa recomendação acatada, alijando a torcida rubro-negra de comparecer ao Allianz para assistir à partida, além de ferir a isonomia do certame, colabora para o rebaixamento do patamar do estado de SP como praça esportiva, devido à impossibilidade desse mesmo estado garantir a segurança e interação de torcidas adversárias, sejam eles quais forem, na ocasião da ocorrência de evento esportivo de grande monta.

Além disso, o STJD se posicionou garantindo a realização da partida da próxima temporada, no Maracanã, contra o Palmeiras, também com torcida exclusivamente rubro-negra e sem a cessão de ingressos para os visitantes. Outrossim, CBF, Palmeiras e PM-SP deverão reunir-se para que essa segurança seja garantida na próxima temporada sob pena de que, nos jogos em que não se tenha condições do cumprimento dessas exigências, a disputa seja realizada fora do estado de origem. Isso, além de ser bizarro, ainda pune a torcida do mandante paulista.

Isso é justo, mas ruim. Explico. Justo porque devolve a condição de igualde às torcidas; ruim porque, caso não seja garantida a segurança, as torcidas começarão, paulatinamente, a deixar de ir aos estádios implicando no início da derrocada do futebol brasileiro. E isso será sentido em progressão geométrica. Podem apostar! Já passou da hora das polícias criarem uma força-tarefa e começarem a botar atrás das grades esses marginais travestidos de torcedores, esses mesmos que marcam brigas por aplicativos. Essa identificação é extremamente fácil e não existe razão para que esse projeto não seja levado a cabo. Esses bandidos devem ser banidos exemplarmente do futebol, com a maior agilidade possível. Simples assim.

Quando a polícia começar a limpar, literalmente, o futebol, mostrando que haverá punição rigorosa para qualquer cidadão que transgrida as leis vigentes no território nacional, transformando adversários em inimigos, nosso futebol começará a caminhar a passos largos para seu crescimento sustentável. A volta das famílias aos estádios passa pela certeza de segurança quando elas comparecem aos campos de futebol. Isso, aliado à subida do sarrafo tático imposta pelo Flamengo de Jesus e pelo Santos de Sampaoli, poderão fazer com que o Campeonato Brasileiro possa deslanchar e começar a ser comercializado mundialmente.

Ainda nesse sentido, devemos mudar nosso calendário, adequando-o ao utilizado no resto do mundo e interrompendo-o nas datas FIFA. Agindo dessa maneira, o futebol brasileiro só tende a crescer. Basta saber se isso consta nos planos da CBF. A princípio, parece que não. Parece que a entidade máxima do futebol brasileiro está a fim de fazer, apenas, politicagem ao longo do mundo.

É isso. Quinta-feira que vem, dia 05, às 20 horas, o Flamengo retorna ao Maraca para fazer o último jogo do ano contra o Avaí e despedir-se da Magnética após termos presenciado nosso tão aguardado ano mágico. Será mais uma festa com o estádio lotado e show de bola dentro das quatro linhas.

É, Flamengo, você está nos deixando muito mal acostumados. Esperamos que isso continue a ocorrer ao longo dos anos e que nossa tão sonhada hegemonia esteja apenas começando. Confesso-lhes que tenho essa certeza arrigada em meu imo. Estamos presenciando a história sendo escrita. O gigante acordou! E está arregaçando a porra toda! Que continuemos empilhando taças! Vai pra cima deles Mengo!!!

O Flamengo simplesmente é!!!

Saudações Rubro Negras a todos!

Fabio Monken

Sugestões? Críticas? Elogios?

Deixe seu comentário e faça-o com educação e respeito.

O Debate SEMPRE é salutar, mas a ignorância e a falta de educação são os combustíveis dos fracassados!



Canal no Telegram: Clique aqui e faça parte do nosso canal para receber todas as notícias em primeira mão.